Você sabia que 95% das empresas pagam impostos indevidamente? Sua farmácia pode ser uma delas!

Levantamentos do IBGE/Impostômetro apontam que cerca de 95% das empresas no Brasil fazem o pagamento de impostos de forma indevida. De fato, não é novidade que a legislação tributária do país é altamente complexa e burocrática, não é mesmo?

Porém, um dos maiores problemas verificados, especialmente se tratando de farmácias, é que poucos conhecem realmente a dimensão e os impactos que essa falha pode trazer. 

Será que o seu negócio está pagando mais impostos do que deveria? Saiba mais sobre esse assunto ao longo do conteúdo. 

pagamento de imposto de forma indevida, controle tributários de farmácias, solução tributária farmácia

Pagamento de impostos de forma indevida

Ao analisar um pouco mais a fundo a situação, fica fácil de entender o motivo de se gastar tanto dinheiro com o governo devido à falta de um controle tributário de farmácias eficiente. 

A lista de tributos a que elas estão sujeitas é extensa: FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), Taxa de Licença de Funcionamento da Anvisa, Previdência Social Taxa da Anvisa, IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), PIS (Contribuição ao Programa da Integração Social), Cofins (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social), CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica). 

E isso apenas para citarmos alguns, pois de acordo com a forma de atuação ou com os objetivos comerciais da farmácia, esses tributos podem aumentar significativamente. E perceba que na lista acima não estão inclusos tributos e taxas municipais como Alvará, TLIF, IPTU, taxa de iluminação pública, ISS e tantas outras contribuições cobradas do proprietário da farmácia.

Partindo disso, não é nada estranho que o dono se perca e não saiba exatamente onde está gastando seu dinheiro ou, ainda, onde poderia ser feito algo que reduzissem tais gastos.

Solução tributária para farmácia

Para resolver esse problema na sua farmácia, nada melhor do que contar com uma solução tributária. Essa solução feita para o negócio pagar menos impostos passa, sem dúvida alguma, pelo tax planning ou, como também é conhecido, planejamento tributário.

Por falar nisso, vale a pena comentar sobre um pensamento muito errado por parte dos donos de farmácia: o de que pagar menos impostos é um favor que o governo está prestando a eles, uma “ajuda”.

Na realidade, é um direito! Por isso, todos os donos e gestores de farmácias têm o dever de ter uma boa engenharia fiscal para economizar nos tributos. Aliás, essa economia não é pequena dada a quantidade absurda de impostos a que uma farmácia está submetida.

Além disso, ter uma gestão tributária é uma excelente maneira de encontrar outras soluções para o pagamento de imposto de forma indevida e, assim, aumentar os lucros e diminuir os gastos. Em muitos casos, o valor que é ressarcido à farmácia é muito significativo, podendo ser usado até mesmo para ampliar a atuação da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *