Descubra como você pode reduzir os impostos de sua farmácia usando a ferramenta correta

Economizando dinheiro ao pagar menos impostos

Grande parte das empresas no Brasil paga mais impostos do que deveria. Em geral, o maior problema está na variedade de impostos que acabam por confundir o profissional no momento da verificação dos gastos. No segmento farmacêutico a situação não é diferente. Sendo assim, saber quais são os impostos de uma farmácia e quais são pagos indevidamente são grandes desafios dos empreendedores.

Diversos impostos são cobrados, desde os de origem federal até os municipais que incluem iluminação pública, taxa de lixo, IPTU, alvarás, dentre outros. A complexidade da tributação no país faz com que muitos sejam pagos indevidamente e que muitas multas também sejam pagas por falta de informação por parte dos empresários.

Como pagar de forma correta os impostos da minha farmácia

A escolha do regime tributário é um ponto importante na redução dos impostos. É necessário que se faça uma análise detalhada antes de optar pelo regime e se atentar às regulamentações.

Além disso, é importante considerar o número de funcionários, o porte da empresa, o lucro e o faturamento. Nesse caso, cada empresa terá um regime ideal dependendo de suas peculiaridades.

Realizar balancetes mensais também é uma estratégia de organização e acompanhamento dos lucros, sendo também interessante para fazer planejamentos tributários.

Para administrar tantos aspectos, é visível o quanto é importante ter um profissional de consultoria na área para realizar todo o planejamento, execução e ainda aconselhar o proprietário sobre as melhores decisões.

Outra dica para não pagar tributos desnecessários é sempre atualizar os produtos ativos no seu cadastro, ajustar a classificação fiscal desses produtos e revisá-los com regularidade, além de fazer a segregação das receitas. Atualmente, existem diversas ferramentas disponíveis para facilitar a realização dessas tarefas.

Escolhendo uma empresa de consultoria

A gestão tributária para farmácias é uma ferramenta essencial para que se pague somente o que é devido. Uma quantidade grande de impostos pode afetar diretamente o lucro do empreendedor. O investimento em contratar uma empresa especializada, por exemplo, é certamente inferior quando comparado ao pagamento indevido e às multas.

É papel do gestor planejar toda a tributação, o sistema operacional, o controle tributário e a apuração dos tributos. Uma boa gestão tributária é capaz de gerar ações para ampliar o lucro e diminuir os tributos legalmente. Além disso, é seu dever aconselhar o proprietário sobre estratégias para o pagamento dos impostos.

É interessante pesquisar sobre empresas de contabilidade especialista na área que, além de serem especialistas em contabilidade, tenham conhecimentos na área legislativa em vigor e que atingem as farmácias.

Algumas dessas empresas, inclusive, utilizam aplicativos por meio dos quais o dono do estabelecimento pode acompanhar com maior facilidade as suas informações tributárias. Muitas dispõem de ferramentas exclusivas para consulta tributária, revisão fiscal, monitoramento das vendas, identificando erros tributários non momento da venda, além de notificações sobre os alertas tributários.

Contar com o apoio de consultores e de ferramentas corretas que auxiliem na gestão da tributação para a farmácia é um dos primeiros passos para o sucesso. Minimizar os impostos e maximizar os lucros é importante para que outras etapas do seu negócio possam fluir com maior facilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *