COMO OFERECER DESCONTOS REAIS NA BLACK WEEK?

 No Brasil, a Black Friday é uma data comercial recente. Surgiu em 2010, mas já caiu nas graças dos consumidores e, em 2019, superou até mesmo as vendas do Natal. Os clientes já estão acostumados a comparar preços e procurar por descontos reais durante a Black Friday.

   Por isso, não adianta subir os preços antes da Black Friday com a intenção de baixá-los durante a promoção. Os consumidores estão atentos a esse tipo de manobra!

  E então, existe algum jeito de oferecer descontos reais na Black Friday 2020? A resposta é sim! Vamos dar algumas dicas de como isso é possível.

Negocie com antecedência: 

   Contate seus fornecedores e negocie preços mais competitivos para a Black Friday. Nem sempre o resultado é garantido, mas vale a pena tentar. 

Queime estoque de produtos de baixo giro:

     E m vez de dar condições especiais para os produtos que você já vende normalmente, experimente oferecer descontos expressivos nos produtos pouco vendidos, aqueles “encalhados” no seu estoque. Por exemplo: você pode trabalhar com descontos de cerca de 50% para um produto encalhado, enquanto um produto que você já vende pode ter um desconto menor — ou nem ter. 

     Essa estratégia é útil para atrair visitas ao seu e e-commerce injetar dinheiro no caixa para ampliar o estoque para o Natal. 

Aproveite o estoque “encalhado” do fornecedor:

    Assim como você, seus fornecedores com certeza têm itens encalhados no estoque. Você pode aproveitar a Black WEEK para negociar esses itens a preços mais competitivos, repassando os descontos obtidos para seus clientes. 

USE A BLACK WEEK PARA GERAR EXPECTATIVAS NOS CLIENTES

 Uma estratégia bastante utilizada no varejo é a Black Week. Ela serve para expandir a Black Friday tradicional: em vez de um único dia de promoções, as lojas organizam uma semana inteira de condições especiais. Isso ajuda a criar expectativa nos consumidores, além de ser bom para os lojistas. E a gente vai explicar o porquê nas próximas linhas! 

    Ao adotar a Black Week, o lojista tem a oportunidade de oferecer descontos em determinados produtos de acordo com o dia da semana. Por exemplo: segunda é dia de condições especiais para produtos de categoria X, já a terça vai ter ofertas imperdíveis em produtos da categoria Y. 

    Essa estratégia ajuda o lojista a manter a atenção dos clientes durante o período promocional. Outra vantagem: na Black Week, o lojista não precisa oferecer descontos muito expressivos em vários produtos do catálogo de uma única vez. Isso pode ser feito aos poucos, de maneira a preservar a margem de lucro. 

     Além disso, não deixe de utilizar os gatilhos mentais de urgência e de escassez. Argumentos como “desconto válido apenas nas próximas horas!”, “últimas unidades!” ou “somente hoje!” podem ajudar a ampliar suas conversões. 

Checklist Black Friday: como sua loja deve se preparar tecnicamente?

Fizemos um checklist com tudo que não pode faltar para a sua loja virtual bombar na Black Friday, a maior data comercial do Brasil. Fique ligado nas nossas dicas!

☑ Ofereça atendimento 24h durante o período

☑ Reforce o seu estoque

☑ Capriche nos cálculos de precificação dos seus produtos e defina quais deles terão desconto

☑ Aproveite para queimar o estoque de itens encalhados

☑ Não altere os preços antes da Black Friday para criar falsos descontos

☑ Desabilite o pagamento por boleto se quiser evitar comprometer o seu estoque com pedidos que podem não ser concluídos pelo consumidor

☑ Fique de olho nas estratégias da concorrência

Fonte: site Melhor Envio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *